May 3, 2015

Oh Freguês vai uma azeitona! Oh Sócio e um tremoço?

Numa praça de Lisboa, numa banca estava um tremoço e uma azeitona, cada um no seu recipiente. De repente, aproxima-se um cliente e a azeitona aproveita logo:
-Oh Freguês! Não vai querer uma saborosa e moreninha!
Ao seu lado, o tremoço, não querendo perder a oportunidade:
-Qual moreninha qual quê? Aqui o sócio vai querer é uns belos tremocinhos para acompanhar uma "bejeca" bem fresquinha e ver o jogo de futebol!
-Freguês, só quero o seu bem! Já viu o que ganhava ao chegar a casa com umas moreninhas para acompanhar um bacalhau a Braz ou a Gomes Sá! Sua esposa ia adorar!
-Sócio! Sócio!
 Se do Benfica for, tremoço vai querer, 
 Se do Porto torcer, tremoço vai morder,
 Se do Sporting sofrer, pelo tremoço vai tremer!
A luta de pregões estava acesa. O cliente tira o porta moedas e diz:
-Este domingo há jogo! Vou levar....
De repente aparece a sua esposa, que rapidamente o interrompe:
-Oh, querido! O que faria sem ti! Acabei agora mesmo de comprar uns ovos para o bacalhau a Braz!
A azeitona, toda vaidosa! Sorri!
-Bem, vou levar um saquinho de cada! As azeitonas e os tremoços!
Assim, os dois foram parar ao saco das compras da praça, bem ao lado um do outro, junto a uma alface viçosa, que as saúda:
-Bem vindas, amigas,, às ultimas horas da vossa vida! Ouvi o quanto apregoaram por vencer! Parabéns ganharam as duas!
A azeitona olhou para o tremoço e ali ficaram, calados à espera do seu troféu!
Por vezes, ficamos tão preocupados em ultrapassar o próximo e esquecemo-nos daquilo o que realmente é melhor para nós.

1 comment:

J-o-a-n-a said...

tenho que copiar essa tua ultima frase e manter como mantra!