Sep 2, 2014

Tó Tuga, porco esganiçado

Tó Tuga estava na fila das finanças lá do bairro com um porco mealheiro de louça debaixo do braço quando passa o seu primo Zé Torresmos que se aproxima e fala baixinho:
-Oh primo! Isso está difícil? Não me tinhas dito nada!
-Ein, então não está? Já viste quanto eu vou pagar de imposto único de circulação! – Exclama chateado mostrando o papel.
-Ui! O problema é mais grave que isso não é? Sabes que podes contar sempre comigo! Eu não tenho muito dinheiro mas podes sempre ir lá a casa comer uma sopinha.
-O quê? Estás a oferecer-me sopa porquê?
-Ora, tu já precisas de pagar o IUC com o porquinho mealheiro! – Diz com um tom baixo para ninguém da fila ouvir.
-Oh! Não é nada disso!
-Então?
-Não é para mim! É para os meus filhos!
-Explica lá isso!

-Eu trouxe o porco para ver se eles comem as crias das cobras que sugam o dinheiro nos impostos. Ao menos as gerações futuras já não são afetadas.

No comments: