Mar 10, 2014

A teoria do meu próprio umbigo

É verdade o umbigo do diário, aliás como quase tudo em si e à sua volta, tem vida própria e possui opinião, pelo menos na sua imaginação:). Esta parte central do meu corpo tem o péssimo hábito de achar que tudo o que acontece à sua volta é por sua causa. Digamos que possuo um umbigo com uma espécie de teoria da conspiração.
Algumas pessoas possuem um umbigo egocêntrico, achando-se sempre melhor que os outros. Outros possuem um com complexo de inferioridade, escondendo-se sempre. O meu não é nada disto. Digamos que ele faz o papel do diabinho que fala à orelha quando algo acontece:
-Olha que ele está-te a enganar! – Diz-me ele vezes e vezes sem conta.
Isto é lixado! É que, enquanto o egocêntrico ignora o que se passa à sua volta porque se acha superior, que é mau mas o meu vive com uma “gabardina vestida e uma lupa a observar o meio ambiente, à procura de pistas sobre um atentado à sua própria existência ou aos que o rodeiam”.

Que cansativo! Qualquer dia mando o CV dele para Hollywood! Pode ser que se inspirem nele e façam uma série de espionagem, tipo: The strangest cases of the Belly Button.

No comments: