Dec 2, 2013

O Natal é recordar...

Um menino passava todos os dias pela casa de uma senhora idosa da sua rua e olhava para a sua janela. Gostava porque tinha luzes brilhantes, estrelas e enfeites.
Aquela janela brilhava todos os dias com a incidência da luz do Sol e de noite com as luzes a piscar.
Certo dia, ao jantar, o menino, intrigado pergunta à mãe:
-Mãe, porque nós não temos uma árvore de Natal todos os dias?
A mãe, surpresa com a pergunta diz:
-João, o Natal é só uma vez por ano, em Dezembro. Ao longo do ano tens outras festas, como o Carnaval e Páscoa, lembras-te?
-Sim, mas a árvore é tão bonita!
-Sim é, mas só a fazemos em Dezembro, está bem? Agora vê lá se comes a sopa!
Os dias passaram, as folhas das árvores começaram a cair e o frio começou a fazer encolher os ombros. Certo dia sua mãe retirou as decorações de Natal da arrecadação e começou a colocá-las.
Depois de fazer a árvore, João sentou-se junto a ela e ficou ali parado a olhar durante uns momentos.
-Mãe é tão bela!
-É não é? Vês! Agora é que é o Natal. Vai vestir-te porque vêem ai os avós, os primos e os tios.
Levantou-se e deu pulos de alegria.
-Já não os vejo há tanto tempo.
Correu para o quarto e vestiu-se. Passou o dia todo a brincar com os primos e os avós. Recebeu imensas prendas. Deliciou-se com as bolachas da avó Maria em formatos de árvores de Natal. Correu e divertiu-se tanto que adormeceu no sofá.
Acordou no dia seguinte, já sozinho com sua mãe, atarefada a arrumar o lar.
-Mãe, os primos e os avós?
-Foram embora João.
Passou o dia de Natal a ver desenhos animados e a comer doces. No dia seguinte, retomou as suas rotinas de férias. À tarde foi ter com o seu amigo que morava no cimo da rua para lhe mostrar os brinquedos novos. A caminho, passou junto à janela da senhora idosa. A árvore não estava lá. Intrigado resolveu tocar à campainha da senhora. Passados alguns momentos apareceu a senhora à porta:
-Bom dia meu menino, o que precisas?
-Minha senhora posso fazer-lhe uma pergunta?
-Claro meu rapaz!
-A árvore que tinha na janela, não está lá? Esteve lá o ano inteiro e agora que ainda estamos no Natal não está. Porquê?
-Olha, mantive-a lá para me recordar do Natal passado em que os meus filhos e netos me vieram visitar. Este ano não vieram, logo não tenho nada para recordar…
João abriu o saco aonde estavam ainda algumas bolachas em formato de árvore e deu uma à senhora:
-Feliz Natal minha senhora!
A idosa com os olhos comovidos, respondeu:
-Obrigado.
João seguiu para casa de seu amigo para brincar. À volta passou novamente pela casa da senhora e na janela estava uma árvore cheia de luzes a piscar mas sem decoração. Quando se aproximou mais reparou. No centro da árvore estava lá algo. Correu e reparou, era a sua bolacha.

A árvore da senhora idosa ficou lá o ano seguinte: todas as noites a brilhar.

No comments: