May 15, 2013

Tudo e um par de Botas


Há muito mas muito tempo vivia um sapateiro chamado Botas que passava os dias a criar sandálias e chinelos. O calçado da altura. Não havia mais nada. Apenas as pessoas ricas andavam calçadas. Todas as outras andavam descalças, o ano inteiro.
Certo dia de Inverno muito chuvoso, o sapateiro chegou ao trabalho todo molhado e cheio de lama nos pés.
Não havia muito trabalho nesses dias porque os ricos não saíam de casa para não se constiparem. Apenas os pobres seguiam com a sua labuta fizesse chuva ou fizesse sol.
Aborrecido com a pasmaceira. Olhou para os restos de pele de porco, espalhados pelo chão da sua sapataria e pensou:
-Poderia limpar o chão mas não me apetece nada! Além disso, é um desperdício queimar estes bocados pequenos de pele.
Entretido nos seus pensamentos olhou para os seus chinelos, junto a fogueira a secar e teve uma ideia. Varreu todos os pedaços para um monte e começou a cozê-los uns aos outros sem parar. Ficou com uma peça enorme.
Cansado, adormeceu ao calor da fogueira e deixou cair inconscientemente o tecido cozido para cima das pernas.
De repente, acordou e reparou que tinha os pés quentes. Então pensou:
-E se eu tapasse os pés?
Pegou na linha e na agulha e cozeu o tecido em volta dos pés. Acrescentando uma sola.
Calçou o novo calçado. Gostou e saiu para a rua. Ao passar pela rua, todos comentaram:
-Ele tem um par com tudo tapado, o Botas!
O espanto foi tanto que o boato circulou a imensa velocidade que rapidamente chegou aos ouvidos do Rei:
-Ele tem tudo e um par de botas!
O rei vaidoso e acostumado a ter tudo mandou chama-lo essa noite. O sapateiro chegou junto de sua majestade que lhe perguntou:
-Neste reino só eu é que tenho o direito de ter tudo! Tu tens mais um par de botas! Também quero um já!
O sapateiro, assustado, passou a noite toda a cozer e fez um par para o Rei.
No dia seguinte, havia um baile de gala. O rei calçou o par novo, sabendo que ia gerar a cobiça de toda a nobreza.
Assim que ele apareceu toda a gente grita, olhando para os pés de sua majestade:
-Viva el Rei, que tem tudo e um par de…
Na criadagem uma voz sobressaiu, sabendo do sacrifício do sapateiro para satisfazer os caprichos reais:
-Botas!
E todos repetiram:
--Viva el Rei, que tem tudo e um par de Botas.

No comments: