Apr 8, 2013

Deixa-me ser pequenina


Uma formiga ia a atravessar, calmamente, uma estrada . No outro lado, estava um elefante que, ao ver um camião no horizonte gritou à formiga e disse:
-Atenção! Corre, vem ai um camião!
A formiga, calmamente, continuou a sua caminhada sem ligar nenhuma ao elefante.
-Estás a ouvir! Vem ai um camião! – Gritou o elefante com a voz mais forte que pode.
O pequeno inseto não alterou o passo.
O paquiderme já nervoso pensou:
-Se calhar é surda! Tenho que agir!
O elefante respirou fundo, correu para a estrada e tentou agarrar a formiga mas não teve tempo. O camião viu o animal, travou a fundo mas não conseguiu deixar de evitar de lhe dar uma pancada.
Deitado no chão com uma pata magoada, o paquiderme respirou de alívio mas com orgulho de si próprio.
A formiga caminhou em direção à sua tromba e ficou a olhar olhos nos olhos com o elefante:
-Ainda bem que o motorista do camião me viu. O meu tamanho serviu para alguma coisa.
-Obrigado pelo esforço mas não era preciso.
-Claro que sim. Podias morrer! És demasiado pequena. O camião nunca te iria ver.
-Certo, mas a probabilidade de me acertar era tão remota que nem me preocupei. Assim magoaste-te.
O elefante, cansado, adormeceu.

Os “grandes” até podem tentar ajudar os mais pequenos mas dão tanto nas vistas que correm mais perigo ao fazê-lo do que ao não fazer nada.

2 comments:

Jose Ramon Santana Vazquez said...

...traigo
ecos
de
la
tarde
callada
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


COMPARTIENDO ILUSION
DIARIO DE UM ANJO

CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...




ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE DJANGO, MASTER AND COMMANDER, LEYENDAS DE PASIÓN, BAILANDO CON LOBOS, THE ARTIST, TITANIC…

José
Ramón...


Diário de um Anjo said...

Muchas gracias José. Puedes volver siempre que desijares. Hasta luego.