Feb 19, 2013

Um pouco de inocência


O avô olhava-se no espelho e tentava pentear-se ao seu ritmo. Ao seu lado o neto, muito intrigado pergunta:
- Porque é que os teus cabelos são brancos?
-São resultado das asneiras que fiz, por cada, nasceu-me um – respondeu o idoso para de certa forma intimidar o pequeno a não fazer malandrices.
Seguiu com as suas rotinas e começou a fazer a barba com a lâmina, à bela maneira antiga e única que sempre usou.
-Porque é que a tua pele está enrugada?
-São as tristezas que dei aos meus pais, por cada vez que não lhes obedeci.
O menino estava muito pensativo. Quando o avô começou a lavar os poucos dentes que tinha.
-Porque é que não tens os dentes todos?
-Por cada mentira que preguei caiu-me um dente.
O rapazito saiu e foi para o quarto.
Passados alguns minutos o avô encontrou o menino perto do espelho, quase com os olhos colados.
-Então o que se passa?
-Avô acho que estou a ver mal!
-Porquê?
-Porque ainda tenho o cabelo castanho, não tenho rugas e os dentes todos.

No comments: