Feb 18, 2013

Que venham as moscas!


Um pato caminhava junto a um lago quando reparou numa rã que estava a apanhar sol num nenúfar. Andou sempre junto as margens da água e o batráquio ali estava, quieto sem se mexer. Só sabia que estava vivo quando as suas pálpebras abriam e fecham para humedecer a vista.
A certa altura, curioso por tanta inércia resolveu perguntar:
-Não estás cansada de estar ai sempre parada!
A rã nem se mexeu.
O pato, muito intrigado pelo desprezo voltou a insistir:
-Se estivesse assim sem fazer nada durante tanto tempo, estava de rastos!
A rã, após a persistência, rodou o pescoço e respondeu:
- Ter que fazer é fácil. Árduo é ter que arranjar paciência para esperar por uma oportunidade para poder ser útil.

No comments: