May 22, 2012

Reflexo colorido...

Na mesa de maquilhagem do palhaço, estavam poisados um nariz vermelho e um chapéu colorido. Era dia de descanso e não havia espetáculos.
-Estou farto de ser vermelho! Tenho uma vida aborrecida!
Ao seu lado o chapéu que tentava adormecer:
-Estás saturado porquê?
-Sou redondo e vermelho! Aposto que, quando as crianças sorriem é por causa das tuas cores! Tens tantas!
-É verdade! Nem sei ao certo quantas tenho!
-Estás a ver! A tua vida não é aborrecida! Quando te olhas ao espelho vês sempre algo de diferente e alegre. Eu sou muito aborrecido!
-Vá! Deixa-te de lamúrias e tenta adormecer! Isso passa-te!
Passados alguns momentos, o nariz vermelho continuou:
-Sou redondo! Se eu girar continuo igual! Tu és um cone!
-Se girar, mantenho a mesma forma! Tenho é várias cores! Agora se me virares de cabeça para baixo…
O nariz, nunca tinha visto o chapéu ao contrário. De repente, o chapéu cambaleou e deitou-se de lado.
-Ah! És preto por dentro!
-Sim! Sou!
-Preto é uma cor muito feia!
-Estás a ver! Tu queixas-te que vives triste porque és todo vermelho mas eu sou colorido por fora e preto por dentro.
O nariz olhou-se para o espelho, em frente. Viu de facto a diferença e passou a adorar a sua única cor.

3 comments:

...Ju... said...

mais uma vez, é tudo uma questão de como nos vemos! e muitas vezes, quem está de fora vê mais que nós mesmos!

Paula Nogueira Guerra said...

haja sempre uma diferença que nos identifique como sendo unicos :)

Linda esta tua história!

Diário de um Anjo said...

Obrigado