Mar 13, 2012

Não penses, salta!

Um pombo junto a um pardal:
-Tu pulas não andas! Porquê?
O pardal aos pulinhos, a comer umas migalhas, olhou de lado para o pombo mas continuou a comer.
-És totó! Se podes usar uma pata de cada vez porque usas as duas ao mesmo tempo?
E migalha, atrás de migalha o pardal ia comendo enquanto o pombo refletia sobre a locomoção alheia.
-Puxa! Deve ser cansativo. Não entendo! Não doseias o teu esforço!
O pardal, já de barriga cheia, virou-se para o pombo e disse:
-Enquanto decides qual a perna que hás de mexer primeiro, para avançares, eu já lá cheguei com as duas. Quando tu colocas a outra pata para te equilibrares a seguir já eu comi o que querias.

Há alturas na vida em que se não saltarmos logo perdemos grandes oportunidades.

1 comment:

Paula NoGuerra said...

Há que agarrá-las com toda a força e pular o mais alto que pudermos!

Quero te oferecer o meu selinho. Para isso basta ires buscá-lo ao meu blogue (encontras-os no painel do lado esquerdo). Copia-o e cola-o aqui no teu espaço. Diz depois qual foi para ti o teu melhor "esboço" e oferece a quem achas que merece :)

Bjs super docinhos xxxx