Oct 28, 2011

Estás perdoada!

Era uma vez uma carteira vermelha que estava sossegadamente a descansar numa mala de um restaurante.
De repente, uma mão desconhecida, entrou dentro da mala:
-Tu vens comigo! Cala-te senão morres!
A carteira, aterrorizada nem teve coragem de avisar a dona. Apenas conseguiu sussurrar as seguintes palavras:
-Não podes levar as notas e deixar os documentos? Sou a fiel depositária. São extremamente importantes!
-Não tenho tempo para isso!
A carteira temendo pelo pior entregou-se de corpo e alma. Partiu com um sentimento de impotência e de objectivo de vida perdido.

2 comments:

Sofá Amarelo said...

Ai, não há coisa pior que perder/roubarem-nos os documentos... é de loucos!

...Ju... said...

nem documentos deixaram?
reles reles reles!