Aug 22, 2011

Necessidade ou Hábito?

A passear pelo Dolce Toca Shopping, a minhoca Rosa, andava a ver os saldos. Guardava, para esta altura do ano, a aquisição de uma das poucas peças de roupa que o seu corpo esguio permitia: chapéus. Era doida por este acessório de moda. Também tinha alguns lenços mas poucos.
-Olá, Rosa! Por aqui? Também andas aos saldos? – Questionou uma amiga sua, Centopas, a centopeia.
-Olha! Ando a ver o que sobrou das coleções de chapéus. Há alguns que não consigo comprar a preços normais. Queria um novo!
-Só um?
-Sim, todos os anos, nesta época, compro um e depois vou misturando com os antigos.
-Eu compro dezenas de sapatos e para cada par, um chapéu a condizer. Tenho 191 pares de pés.
-Puxa, e tens vários para cada par?
-Sim, claro. E também tenho lenços para alguns conjuntos. Tive que fazer um anexo à toca para os guardar.
-Tens sorte! Eu uso os meus chapéus para decorar as paredes da toca.
-Oh. E não te cansas de usar sempre os mesmos?
-Eu gosto de chapéus mas, não tenho dinheiro para ter muitos nem aonde os pôr. Vou comprando conforme posso e uso-os todos, alternadamente. Não tenho posses para me cansar.
-Usa-os todos? Eu ontem achei uns sapatos que, tinha comprado no ano passado, por estrear. Não os consigo encontrar todos. Acabo por usar apenas alguns.
-Se não os usas todos porque compras mais?
-Olha! Nunca pensei nisso, acho que é um hábito!
-Minha amiga, hábitos os têm, quem os pode ter. Sábio é quem, consegue olhar para as suas rotinas de sempre e tem a capacidade de perceber que existem outras maneiras de as realizar.


No comments: