May 5, 2011

Boato




imagem: net



António, tinha passado o dia todo a sachar o milho. A hora do jogo da Selecção aproximava-se e decidiu regressar a casa.
Quando chegou ao caminho, vindo dos seus terrenos encontrou a Dona Cecilia.
-António, boa tarde. Já soubeste da novidade?
-Não, que se passou?
- A Lúcia, tua vizinha da frente, partiu uma perna ao descer as escadas!
António, ficou preocupadíssimo, pois já eram amigos desde pequenos.
-Aonde está ela?
-Está em casa acamada!
Resolveu então, apressar o passo.
Uns metros mais a frente, já junto da povoação. O velho Tomé, encontrava-se na sua varanda, sentado a observar quem passa.
-António, António! Já sabes o que aconteceu? Exclamou o idoso.
-Sei que Lúcia caiu e partiu uma perna.
-Foi um autêntico desastre! E o braço ao peito com que ficou! A comadre não vai poder fazer nada durante uns belos meses.
Esta era nova. Pelos vistos a coisa era grave. A sua vizinha estava mesmo acidentada. Apressou ainda mais o passo.
A meio da vila, duas senhoras, conviviam ao pé da porta de uma delas. Assim que o viram, exclamaram:
-A Lúcia, está toda partida! Caiu das escadas abaixo, partiu uma perna, um braço e a cabeça.
António, ficou realmente extasiado e começou a correr até casa.
Quando chegou, Lúcia, estava sentada num banco de pedra ao lado do seu portão.
-Que se passou, comadre?
-Olha, vinha a descer as escadas e o Pitufas, o meu gato, salta-me para frente dos pés e eu para me equilibrar coloquei mal o pé e torci-o. Creio que, isto com um bocado de gelo e uns dias de descanso fica bom.
António, respirou de alívio. Afinal foi um daqueles boatos, em que o passa a palavra acrescentou e piorou o facto
.

2 comments:

Eva Gonçalves said...

rrrsssss. Os boatos são assim mesmo... começam e propagam-se cada vez mais... A comunicação social muito inventa... mas não é inocentemente que vamos ouvindo estes boatos, que manipulam os futuros eleitores. Infelizmente, parece ser impunemente! beijinho

Phil said...

Sem dúvida quem conta um conto acrescenta um ponto ;)