Apr 8, 2011

Explicações simples

Foto: net
Ir para escola do Mestre mocho era um grande sacrifício para o esquilo Tomé. A sua cabeça ficava sempre a pensar nas discussões que os seus pais tinham todas as noites e não se conseguia concentrar nas lições.

Numa noite nada se ouvia, toda a familía jantou calada e o Tomé pensou que tudo havia passado e dormiu descansado.

No dia seguinte, sua mãe ao acordar, veio falar com ele e disse-lhe:

-Tomé, o pai já saiu de casa e logo a noite já não dorme cá.

- Porquê, vai visitar os avós, quando volta?

- O pai, não vai mais viver connosco mas virá de vez em quando visitar-te.

Tomé, nem conseguiu dizer mais nada nem pensar. Levantou-se, comeu e foi para a escola.

Após o mestre mocho ensinar os números até 10, pediu ao Tomé para repetir a lição.

O esquilo nada dizia. Mestre mocho, esperou pelo fim da aula para falar com ele.

- Tomé, porque estás triste?

- Meu pai vai deixar de viver conosco, já não gosta de mim.

- Meu menino, duvido que ele tenha deixado de gostar de ti mas sabes, os adultos por vezes chateiam-se. Lembras-te daquela vez em que te chateas-te com o porco Tó porque ele tinha-te partido o carro?

-Sim, fiquei muito triste com ele.

- Pois é Tomé, os adultos também se chateiam e ficam tristes uns com os outros.

- Humm, então o pai chateou-se com a mãe?

- Sim, meu menino, mas eles continuam a gostar de ti e muito.

Tomé, levantou-se e foi para casa. Seu pai estava na sala, para falar consigo:

- Filho, vim aqui para te dizer que vou sair de casa, mas continuo a gostar muito de ti e venho visitar-te muitas vezes.

- Eu sei pai, tu e a mamã gostam de mim mas chatearam-se um com o outro.

Os pais esquilos, com os olhos razos de lágrimas, abraçaram-nos com força.


No comments: