Nov 22, 2010

Natal de crise

***
Noite fria , céu estrelado,
o menino nas palhas deitado.
Longe, de longe, oferendas chegaram,
para o aquecer um burro e uma vaca bastaram.
O ouro não alimenta, o insenso não cura e a mirra não faz crescer.
Neste Natal, dá o que baste, que o menino pelo esforço, agradece.

No comments: