Oct 11, 2010

Pai Criança...

Foto: net

Diz-se que só se consegue perceber o que os pais sentem por nós quando o somos.

Uma criança não percebe o porquê de um pai não estar ausente porque precisa de trabalhar muitas horas para sustentar a família.

Quando isto acontece, se só em adultos se entende, nessa altura já há pouco tempo, de vida em comum, para colmatar os anos de pouca convivência e a reduzida intimidade. Aos que agora são adultos é exigido que persigam com a sua vida saíndo de casa. Aos pais que ficam, fica o sentimento de que o tempo passou a correr.

Hoje, cada vez mais, com a carga horária que é exigida a muitos pais, o tempo de partilha com os filhos é muito reduzido. Essa ausência não deverá, a meu entender, ser colmatada com mais jogos e mais brinquedos mas sim com mais brincadeiras entre pais e filhos. Não tenham receio de ser novamente crianças nem que seja uma hora por dia. Corram, riam e façam de conta juntamente com os vossos filhos. O mimo deverá ser dado mas também deverá ser incutida a capacidade de enfrentar a rejeição.

No comments: